Escola Básica e Secundária Prof. Ruy Luís Gomes

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Erasmus+

De 16 a 20 de maio de 2022 reuniram-se os parceiros do projeto Kinenewmod – A new model in education para a mobilidade Educational Coaching in Kinesthetic Learning em Iriepal, Guadalajara.

Desta mobilidade criou-se oportunidades de crescimento dentro da temática com a existência de diversos momentos de formação, a perceção do funcionamento do sistema educativo espanhol, diferentes visitas aos estabelecimentos de ensino do CRA: FRANCISCO IBAÑEZ, assim como houve oportunidade de aumentar os nossos conhecimentos a nível cultural.

A equipa Portuguesa salienta o excelente envolvimento e trabalho dos professores do país de acolhimento (Espanha) assim como a participação e empenho dos parceiros da Turquia e Hungria. 

Mais informações aqui

 

Erasmus Bulgária 2022

 
Na semana de 22 a 29 de março, um grupo de três alunos e duas professoras tiveram oportunidade de participar em mais uma atividade do projeto Erasmus – Inclusion for a Brighter Future. Desta vez, o tema principal dos trabalhos foi a aprendizagem de línguas estrangeiras como elemento facilitador da inclusão. O grupo esteve alojado em Sofia, capital da Bulgária, e visitou os principais monumentos desta cidade. Também se realizou uma visita de um dia inteiro a Plovdiv, a segunda cidade mais importante do país e aquela que se crê ser a cidade continuamente habitada mais antiga da Europa, e que foi Capital Europeia da Cultura em 2019.
Em maio ….rumo a Katowice, Polónia!
 
 
 
 
 
 

De 16 a 20 de maio de 2022 reuniram-se os parceiros do projeto Kinenewmod – A new model in education para a mobilidade Educational Coaching in Kinesthetic Learning em Iriepal, Guadalajara.

Desta mobilidade criou-se oportunidades de crescimento dentro da temática com a existência de diversos momentos de formação, a perceção do funcionamento do sistema educativo espanhol, diferentes visitas aos estabelecimentos de ensino do CRA: FRANCISCO IBAÑEZ, assim como houve oportunidade de aumentar os nossos conhecimentos a nível cultural.

A equipa Portuguesa salienta o excelente envolvimento e trabalho dos professores do país de acolhimento (Espanha) assim como a participação e empenho dos parceiros da Turquia e Hungria. 

 

 

 
I Erasmus + Inclusion for a Brighter Future I Figueres, Espanha_10 a 14 jan I
 
No âmbito do programa Erasmus +, desenvolveu-se uma atividade, sob o lema ‘Goal Inclusion – not one less’, no Institut Narcis Monturiol, em Figueres, Espanha, onde estiveram presentes dois alunos e dois professores da nossa escola.  Os diversos alunos e professores de seis países diferentes participaram em workshops dedicados à inclusão, tanto de alunos estrangeiros, ou provenientes de meios socioeconómicos desfavorecidos, bem como dos alunos com necessidades educativas especiais. 
Houve oportunidade de ‘viver’ o primeiro dia de um aluno estrangeiro na escola, fazer o ‘caminho’ burocrático da matrícula e os primeiros contactos dentro da escola, e ainda assistir e participar na primeira aula de Catalão, talvez o passo mais importante neste caminho da inclusão. 
Tivemos oportunidade de visitar as instalações onde funcionam diversos cursos vocacionais e profissionais que são alternativas à escolaridade regular.
Além de todas as atividades na escola, houve tempo para visitas culturais, quer em Figueres, a cidade que nos acolheu tão bem, e onde nasceu o famoso pintor Salvador Dali, cujo museu visitámos com uma guia espetacular, quer a próxima cidade de Girona e a grande Barcelona, onde as respetivas guias nos mostraram os principais pontos turísticos.
Foi mais uma experiência marcante e muito enriquecedora para todos, tanto a nível pessoal, como profissional e académico.
 
Testemunhos dos alunos aqui
 
 
As Professoras Paula Cunha e Maximina Raposo e três alunas do 10º ano participaram numa atividade do projeto Erasmus+, que decorreu de 31 de outubro a 7 de novembro na Grécia.
Foi uma semana cheia de atividade, em que alunos e professores de escolas de Espanha, Grécia, Bulgária, Polónia, Turquia e Portugal tiveram oportunidade de trocar experiências e trabalhar o tema da Inclusão. Mas também houve tempo para visitas culturais e diversão.
 
Foi, acima de tudo, mais uma experiência que provou que, com diferentes culturas, religiões e proveniências socioeconómicas é possível aprender, ensinar, conviver e fazer amizades, fortalecendo o sentimento de cidadania europeia, um dos objetivos do Projeto Erasmus +.
 
‘Como é possível apenas uma semana da minha vida me fazer tão feliz?! Uma semana de novas amizades, novas realidades, um novo país, uma nova localidade, uma nova escola, novos professores, novos sentimentos…. Tudo tão novo e que, de repente, se tornou tão comum no meu dia a dia. Eternamente marcada como das melhores semanas de toda a minha vida, daquelas que, tenha eu filhos, netos ou bisnetos, irei falar. Grata sou por ter sido uma das escolhidas para viver tamanha experiência. Ficam as saudades e vínculos inquebráveis para sempre.’ Érica
 
‘Quando estava a caminho da Grécia, senti um pouco de medo de não saber interagir com as outras pessoas. Mas quando chegámos, fomos tão bem recebidos, que falar com os outros pareceu-me tão fácil…. E assim começou a semana mais divertida de sempre. Por mim, podíamos ter ficado mais um pouco por lá. Durante o tempo em que lá estive, fiz muitas e novas amizades, mesmo com alguma dificuldade a inglês, encontrei sempre uma forma de me exprimir e o mesmo aconteceu com os outros colegas. Além de tudo, queria muito voltar a ver todos outra vez!!!’  Cely
 
‘Na minha opinião, foi uma experiência muito educativa, diferente, especial e entusiasmante, pois fui a um país com uma cultura muito rica. Fiz muitas amizades e infelizmente a despedida custou mais do que estava à espera.
As professoras foram excelentes e apoiaram-nos em tudo. Foram muito atenciosas e prestáveis.
Foi uma viagem que superou as minhas expectativas em termos de país, cultura, amizades, etc.
Amei a forma como fomos tratadas e muito bem recebidas. Adorei tudo e voltaria a repetir.’ Lara
 
 
 
 


Pág. 1 de 2